Autor: super-admin

Veja quatro regras de ouro para emagrecer rápido e em casa

Veja quatro regras de ouro para emagrecer rápido e em casa

Perder peso não precisa ser uma dor de cabeça. Medidas simples ajudam muito no objetivo, principalmente sem gastos extras

Veja quatro regras muitos importantes para perder peso rápido em casa:

Regra 1: A nutrição adequada

Leia também: comprar Phytophen 

Para emagrecer rápido em casa a alimentação deverá ser planejada para perder peso com prazer. Receitas prazerosas, saudáveis, usar a forma de preparo correta, buscar comer alimentos de qualidade e a quantidade ideal. O Plano Detox ensina como emagrecer rápido e é um plano completo para perder peso e inteligente com alimentos, receitas e ainda um programa com ciclos e pausas para que você conseguir emagrecer, manter e ter mais saúde. E ainda tem um grupo motivacional exclusivo no Facebook para dar aquela força, trocar ideais e experiência (algumas participantes perderam 10 quilos em 10 dias). Para participar, é fácil – procure no seu navegador Plano Detox do site dieta.blog.br e se inscreva. Isso trará emagrecimento e bom impacto na sua saúde.

Os métodos de perder peso

Mude sua dieta com alimentos menos calóricos, faça trocas inteligentes e em vez de fritar: coma cru, cozinhe ou asse. Comer menos alimentos doces e sucos concentrados, não beber refrigerantes (1 litro de Coca- Cola contém 450 calorias, o que pode ser comparado a um bom jantar). Comer mais vezes, fazendo refeições divididas. Ao ingerir alimentos, o corpo consome pelas necessidades imediatas e para a formação de estoque. Com intervalos mais longos entre as refeições, maior a chance de guardar energia através de gordura no seu corpo e não ficará com fome se você comer a cada três horas. Além disso, o corpo consome a maior parte da energia na parte da manhã por isso não é interessante ficar com fome de manhã e extrapolar à tarde ou à noite.

Mastigue bem: além de controlar melhor a fome, o seu corpo precisa desse processo para ter mais saúde e boa digestão. Consuma doce apenas como degustação ou quando estiver com muita vontade, mas antes de ir comer o doce coma uma fruta antes para diminuir a ansiedade Coma a sobremesa apenas quando estiver sem fome, prove devagar e siga o princípio de “menos é mais”.

Você sente muita fome? Controle a fome meia hora antes da refeição principal, beba um copo de leite desnatado com um pedaço de pão preto ou uma banana, maçã, pera ou laranja. Seu corpo vai começar a sentir menos fome e você vai comer menos.

Evite o álcool. Além de conter alta caloria, com ele perdemos o controle sobre a quantidade de alimento que consumimos. O álcool agride o corpo, desregula o sono e o bom funcionamento do organismo.

Leia também: kifina funciona

Regra 2: A atividade física

Mesmo estando nas dietas mais rígidas, não fazer atividade física vai comprometer o resultado. Esportes ativam os processos metabólicos do corpo, elevam o colesterol bom e ajudam a emagrecer.

Pular corda para perda de peso: Pular corda pode manter o corpo em boa forma. Depois de quinze minutos, ele queima 200 calorias, não ocupa muito espaço e pode ser feita em casa. Comece com os saltos mais simples, tente pular baixo, fixando o corpo em uma posição, vá aumentando a dificuldade.

Bambolê: Se usado durante 15 minutos, o bambolê queima a partir de 200 a 250 calorias, e pode estar sempre ao seu alcance. Tem um impacto principalmente na área da cintura, abdômen e coxas, melhorando a redução da celulite. Não é preciso muito para poder se movimentar.

Exercícios pela manhã têm um efeito poderoso sobre o corpo e ainda ajudam as técnicas de respiração. Em casa também podem ser usados outros tipos de exercícios. É só entrar na internet e escolher o que você gosta mais.

Regra 3: Dicas de perda de peso em casa

Mudanças na dieta e aumento da atividade física são componentes fundamentais da perda de peso. Não se esqueça sobre procedimentos adicionais que ajudarão você a perder peso rapidamente em casa. Aqui estão alguns:

Sauna: É uma forma de perda de peso agradável. Dá para ficar mais radical esfregando o corpo com mel ou sal, enquanto a sudorese começa. Contraindicações: presença de erupções cutâneas, arranhões e outras doenças da pele, e problemas com o coração

Cremes redutores: Especialmente creme termogênico que estimula o metabolismo do corpo, melhora a circulação sanguínea e a drenagem linfática devido ao efeito térmico quando aplicado a áreas problemáticas.

Roupa especial com tecidos de alta tecnologia: shorts, calças, cintos. Usá-los durante a atividade física reforça o efeito do exercício devido ao aquecimento da gordura subcutânea.

Massagem: Uma grande ajuda relaxando o corpo, melhorando a aparência da pele e o metabolismo. Vários massageadores que estão agora à venda, talvez não 100%, mas substituem massagem profissional e ajudam-no a perder peso rapidamente em casa.

Enrolar-se em algas, lama, óleo, mel, argila: Este é um dos processos mais eficazes adicionais para perda de peso, apenas três ou quatro sessões para alcançar uma redução da cintura. Eles também podem ser feitos em casa através da combinação com massagem e banho com sal marinho – o processo de perda de peso será mais rápido.

Regra 4: Humor psicológico

A primeira coisa que você tem a fazer é reconhecer que está doente, especialmente se o seu peso é maior do que o desejado. Se você sabe que não pode e ainda assim você come, isso pode ser sinal de que a ansiedade está grande. Para tratar essa doença, você precisa mudar o seu modo de vida para sempre, caso contrário, a doença voltará novamente. A decisão de perder peso é apenas sua, ninguém é capaz de fazer você cumprir uma dieta ou exercício, além de você. Compartilhe com pessoas que têm o mesmo objetivo, escolha um grupo de apoio. Emagrecer é difícil, por isso é importante buscar ajuda. Aprenda a ver suas conquistas diárias e descreva o que está acontecendo com você para que evite os erros e não se puna – sempre siga em frente para melhor. Você deve ser positivo. Encontre a motivação para perder peso, fique orgulhoso de você. Sempre faça fotos na função beauty da câmera ou celular, arrume o cabelo, use roupas com bom caimento e, se perceber que mudou, festeje o sucesso mantendo-se sempre alegre. Aprenda esse eficaz truque, substitua pratos grandes por pequenos para comer menos. E o mais importante, nunca duvide do seu sucesso, imagine o que você quer ser e se ame do modo que você é!

Especialista mostra como emagrecer rápido e sem passar fome

Como emagrecer rápido? A especialista em emagrecimento saudável Rosi Feliciano vai falar de dicas importantes para você perder peso e não voltar a engordar.

Para perder peso rápido o corpo precisa gastar mais calorias do que ganha através da alimentação, criando assim um déficit que obrigada a perda de peso. Por isso, uma dieta para emagrecer de baixa caloria é fundamental para emagrecimento rápido. Interessante ter uma porção suficiente de vitaminas, minerais, proteína e carboidratos. Para um efeito mais rápido de perda de peso algumas dietas são formadas com alimentos que aceleram o metabolismo: termogênicos, diuréticos, laxativos, nutritivos, que saciam a fome e ricos em água.

Além disso, é importante analisar a pessoa individualmente, saber do estado de saúde atual, estado mental, os hábitos alimentares e a rotina de atividade física. Analisando o indivíduo com um todo, podemos focar em soluções que realmente ajudam a emagrecer.

Como o corpo reage quando a gente perde peso rápido?

Quando a gente perde peso, emagrece o corpo todo e não em um lugar especifico, sendo assim as pessoas não perdem peso diretamente na barriga ou culote como gostariam. A gordura é mais fácil acumular nos locais onde é mais vulnerável, flácido ou com predisposição genética.

Como é perder peso rápido em uma semana?

Vai ficar mais visível em alguns locais do que outros. Com a rápida perda de peso, tirando as exceções, inicialmente já é possível afinar o rosto, a barriga vai ficar menos pontuda, depois disso, vai diminuir a quantidade de gordura nas nádegas, culotes e por último a barriga e braços. É importante avaliar o que você está perdendo: gordura, líquido ou massa magra? O interessante é perder só gordura e líquido em excesso no organismo. Para isso, é importante uma dieta e exercícios adequados a você. Assim você vai manter e criar massa magra que promoverá força e lindos músculos.

Primeiro faça um check-up

Um checkup é importante principalmente para diagnosticar aspectos fundamentais da sua saúde como: condições da sua articulações, diabetes, colesterol, pressão alta, absorção das vitaminas. E ainda um dos fatores que impedem a perda de peso é o mal funcionamento da tireoide. Por isso um check-up com exames clínicos e de sangue com profissional de saúde. Isso mostrará dados importantes que influenciaram a sua perda de peso e a dieta a seguir.

Exercite para conseguir perder peso

Para perder peso em uma semana e ainda 10 kg você deve buscar além da dieta uma atividade física para trabalhar os músculos. Exercício especial para perda de peso é o de cardio, como: correr, andar, step, ou seja, se movimentar rápido. Para ter mais flexibilidade, faça alongamentos e massageei seu corpo todos os dias. Massagem e alongamentos fazem a preparação física, melhora o fluxo sanguíneo para as áreas apropriadas do corpo, assim a gordura vai queimar um pouco mais rápida.

Beba água o dia todo

Hidratar é fundamental para o funcionamento do corpo. Para emagrecer seu corpo precisa estar funcionando bem e no modo rápido de queima de calorias, para isso é necessário beber de 2 a 5 litros de água por dia de preferência 6 vezes ou mais por dia. Hidrate também através de: água de coco, sopas, legumes, folhas, chás, sucos (importante evitar sucos concentrados, calóricos, açúcar, conservantes e sódio)

Emagrecer com saúde é mais do que perder peso rápido. É também entre outras coisas manter o peso perdido, por isso é importante buscar algo mais do que uma dieta rápida é preciso programação em longo prazo e ainda mudar o estilo de vida. Mudar os estilo de vida e emagrecer é uma tarefa bem difícil, a maioria das pessoas voltam a ganhar peso ou desistem no meio do caminho, então busque algo mais completo que possa apoiar seu plano de emagrecer antes, durante e depois.

O segredo das dietas para perder peso rápido

O segredo da alimentação para emagrecer rápido está na quantidade de alimentos consumidos e também na forma de preparo ideal cru, cozido ou assado. O ser humano na maioria necessita de 2000 mil calorias por dia. Isso varia de uma pessoa para outra, então é bom consultar. Você vai descobrir que é necessário comer menos e certo para perder peso. Ideal comer de 5 a 6 vezes por dia porções pequenas (200ml) e de baixa caloria, contendo: legumes, verduras, leite, iogurte, ovos, carnes e semente oleoginosas.

Leia também: Como emagrecer de verdade

As dietas são construídas de 800 a 1500 calorias e por poucos dias.

Exemplo de construção de cardápio de dietas para perder peso:

Café da manhã: 250 calorias: 140 gramas de alimento rico em proteínas, 30 gramas de alimento rico em carboidratos e 150 gramas de alimento rico vitaminas

Lanche da manhã: 100 calorias: sementes oleaginosas Almoço: 350 calorias: 160 gramas de alimentos ricos em proteínas, 50 gramas de alimentos ricos em carboidratos e 200 gramas ricos em vitaminas.

Lanche da tarde: 100 calorias: 100 gramas de alimentos ricos em vitaminas. Jantar: 300 calorias: 140 gramas de proteínas, 30 gramas de carboidratos e 150 gramas de vitaminas.

Ceia: 100 calorias: 100 gramas de alimentos ricos vitaminas.

Total: 1200 calorias

Pode-se tomar chá quando estiver com fome: chá verde, camomila, erva doce, erva cidreira e outros

Legenda:

Carboidratos: mandioca, batata, inhame, cara, pão, farinha de trigo integral, arroz e outros

Vitaminas: frutas, legumes e verduras.

Proteína animal: carnes, leite, ovos, iogurte e outros.

Proteína vegetal: feijão, abacate, quinoa, grão de bico, cogumelo, soja, castanha do Pará, castanha de caju, amendoim, nozes, semente de linhaça, semente de abobora, gergelim e outras

Para perder peso evite: farinha branca e arroz branco em excesso, açúcar, frituras, alimentos industrializados, alimentos processados, sódio e álcool.

A disfunção erétil e a dificuldade que um homem encontra

A disfunção erétil e a dificuldade que um homem encontra

A disfunção erétil é a dificuldade que um homem encontra para atingir uma ereção ou mantê-la pelo tempo necessário durante o ato sexual.

Outro nome dado a condição é impotência sexual. Entre as causas estão algumas doenças, as quais podem ser tratadas e exigem certa atenção de quem sofre com esse problema.

A impotência sexual atinge principalmente os homens acima dos 50 anos. A doença é caracterizada por, pelo menos, uma ocorrência de disfunção a cada quatro relações sexuais.

Está passando por essa situação ou quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e descubra quais são as principais causas de disfunção erétil!

As principais causas da disfunção erétil
Ansiedade e estresse
As causas psicológicas estão entre as que mais desencadeiam a disfunção erétil, especialmente quando o paciente é mais jovem.

Em momentos de estresse e ansiedade, ocorre um aumento na liberação de adrenalina pelo corpo, que diminui o calibre dos vasos sanguíneos e dificulta a chegada de sangue até o pênis. Portanto, se um homem vive ansioso ou estressado, pode ter sua ereção prejudicada.

Depressão
A depressão é mais uma causa emocional que pode provocar impotência. Considerada como o mal do século, essa doença tem como sintomas a tristeza profunda e a falta de prazer em atividades que antes o paciente sentia. Dessa forma, ocorre a diminuição e perda de libido, que provoca a disfunção erétil.

Problemas vasculares
Doenças como a hipertensão, diabetes, colesterol elevado e a aterosclerose, provocam o enrijecimento das paredes dos vasos sanguíneos e interferem na quantidade de sangue que chega até o pênis. Como a ereção depende do fluxo sanguíneo para ser obtida, problemas na circulação podem causar impotência.

Desequilíbrio hormonal
Os problemas hormonais também são uma das causas da disfunção erétil, sendo as baixas concentrações de testosterona o que mais provoca esse problema. Isso acontece porque o hormônio masculino exerce um papel indispensável na execução de uma boa ereção e, em taxas insuficientes, esse ato é prejudicado.

Procedimentos cirúrgicos e radioterapia
Algumas cirurgias, especialmente as intestinais ou as realizadas na próstata, podem lesionar vasos e nervos fundamentais para a ereção. Dessa forma, causar a disfunção erétil. Pelo mesmo motivo, os tratamentos radioterápicos realizados na região pélvica (abaixo da cintura), também podem ser os grandes vilões quando o assunto é impotência sexual.

Traumas penianos
Você certamente já deve ter ouvido sobre a quebra de um pênis. Apesar de estranho, isso realmente pode acontecer. Esse tipo de trauma costuma ocorrer durante as relações sexuais, quando os corpos cavernosos estão repletos de sangue e torna o órgão duro o suficiente para quebrar de maneira semelhante a um osso.

Nessa condição, os tecidos internos do pênis são danificados, o que impede que próximas ereções sejam obtidas.

Consumo de álcool e tabaco
As bebidas alcoólicas atuam deprimindo o sistema nervoso e, consequentemente, provocam um relaxamento de todos os músculos do corpo, inclusive os penianos.

Essa situação impede que uma ereção seja mantida devido à falta de tensão muscular suficiente para exercer o ato. O tabaco atua por meio de alterações definitivas no sistema vascular e, como essa é uma das principais causas orgânicas da disfunção erétil, esse hábito torna-se um potente fator desencadeante de impotência.

Leia também: aumento peniano é bom

São diversas as causas da disfunção erétil, cada uma delas com mecanismos diferentes para provocar essa condição. No entanto, existe tratamento para a grande maioria delas, que pode incluir tratamentos psicológicos, medicamentosos e cirúrgicos.

Quando o assunto é impotência, não deixe de procurar um médico para que ele estabeleça o tratamento adequado para recuperar a sua performance sexual e a sua qualidade de vida.

Gostou do nosso post? Então não deixe de assinar a nossa newsletter para receber sempre os melhores conteúdos sobre saúde e medicina!

Como Aumentar o Pênis

Como Aumentar o Pênis

Qualquer homem que vai à net entra em contato com anúncios de dilatação do pênis atraentes que oferecem um aumento do pênis instantâneo. Não se preocupe, não vendemos nada que tenha como prejudicar a sua saúde, somente terá de saber se não sofrem de antipatia a um dos ingredientes que estejam presentes nos produtos naturais, para não ter efeitos indesejados. Resultados do cliente – retirar opiniões e depoimentos de compradores desses produtos para aumento do pênis para ver como eles realmente funcionam.

Embora os resultados não sejam imediatos, com uso contínuo, e depois alguns meses é possível observar um aumento do pênis durante a ereção, já que corpo vai se tornando mais distendido e, desse modo, deve receber mais sangue. Sua vida sexual sofrerá uma autêntica revolução com a ajuda do Macho Macho.

gel para pênis Titan foi desenvolvido para as almas mas infelizes como eu: homens que não excedam tamanho do pênis de 18 centímetros – que têm pênis médios ou pequenos (mais inoportunamente descobri que, de acordo com algumas estatísticas, unicamente um por cento do planeta dos homens tem um pênis com mas de 20 centímetros, e eu constantemente pensei que era caso único!).

A Senhora é convidada a participar da pesquisa de monografia apelidado Conhecimento das mulheres com diagnóstico de câncer do pescoço do útero acerca da doença em uma Unidade de Saúde da Família no município de Wanderley-BA cujos objetivos são: Investigar conhecimento das mulheres portadoras da neoplasia, identificar perfil epidemiológico das mulheres acometidas pelo CA de pescoço de útero e analisar conhecimento das mulheres portadoras da neoplasia.

Bravo em Alvo (2010), pênis do brasílio tem, em média, 14cm de comprimento em ereção, sendo impossível descobrir que seria tamanho dele em seu estado flácido. Existe uma série de procedimentos cirúrgicos que são utilizados por médicos especializados para aumentar pênis ou transportar a sensação de aumento peniano.

É bastante geral checarmos se produto tem alguma reclamação, e mesmo já tendo usado outro produto do mesmo fabricante da Masculino Man, por conseguinte procurei a reputação do Viril Man e como já imaginava não achei nenhuma reclamação, isso provavelmente se deve ao fato de que produto verdadeiramente cumpre que promete, ou melhor Másculo Man funciona.

Graças a elas, já em alguns minutos, pênis se transforma em maior e a ereção fica mais dispositivos de vácuo são de fato único método que culpa um aumento direto do pênis. Percebi que há um déficit no conhecimento das mesmas com relação ao conhecimento das mulheres quanto ao conhecimento sobre a doença e um déficit na informação entre a relação do papilomavírus com câncer de colo de útero.

A média por norma geral do tamanho do pênis é de 16,5cm, e ao ter um pênis menor que a média é um extensa empecilho. Mesmo sendo alguma coisa tão geral, são poucos os homens que admitem ter pênis com tamanho abaixo da expectativa e procuram ajuda especializada no objecto. No sítio do penigel oficial você pode observar a poucos comentários reais sobre os resultados do penigel como alongador peniano.

tamanho médio do pênis no início da puberdade é de 6 cm (2,4 polegadas), atingindo tamanho adulto mais ou menos 5 anos depois. Foi quando eu conheci Penigel, que além de resolver meu obstáculo com a insuficiência sexual, aumentou tamanho do meu pênis. Másculo Man é um creme estimulante sexual, e para ter as vantagens prometidos este deve ser utilizado todos e cada um dos dias, mesmo aqueles dias onde não haverá relações sexuais.

Os métodos naturais que ajudam no aumento do pênis, em por norma geral não provocam qualquer classe de efeitos secundários. Titan Gel está entre os produtos mas populares da ampliação de pênis hoje em dia. Alegadamente este aumenta em média por volta de 1,5cm do tamanho do pênis por semana.

Aumento da testosterona: A fórmula do produto consegue aumentar nível de testosterona que promove um maior libido sexual assim como impulso também. BRASIL, Ministério da Saúde, Controle dos Cânceres de Pescoço do Útero e da Peito. Seja feliz na leito, faça com que ela chegue àqueles orgasmos que tanto quer, faça-a feliz usando creme para aumentar tamanho de pénis, a libido, ereções rígidas e mais ejaculação.

produto Masculino Man é um gel vasodilatador que usa um concentrado de ervas naturais extremamente, afrodisíacos, aminoácidos para ser aplicado no pênis de antemão da relação sexual potencializando aumento peniano. Quais os efeitos colaterais do Viril macho man mercado livre Man? Másculo Man é um gel de massagem corporal vasodilatador que usa um concentrado de ervas, afrodisíacos, aminoácidos e vitaminas para ser aplicado no pênis de antemão da relação sexual.

Vários homens não sabem como utilizar corretamente suplementos masculinos para conseguir um aumento permanente no tamanho do pênis. Esses são pequeno número de depoimentos que encontramos no Facebook de homens que já fizeram uso de Masculino Viril e contam como foi as suas experiências.

Leia também: Descubra Como aumentar o pênis

Segundo Lossow, Jacob e Francone (1990) e Spence (1991) os ovários, freqüentemente citados como os primordiais órgãos reprodutores da senhora, são duas estruturas ovaladas com mais ou menos 4 cm de comprimento; estão localizados na porção superior da cavidade pélvica, um de qualquer lado do útero.

Conheça 5 dicas que funcionam para tratar a impotência sexual

Conheça 5 dicas que funcionam para tratar a impotência sexual

->A impotência sexual, cujo termo médico mais atual é disfunção erétil, é um problema que afeta muitos homens, principalmente após os 40 anos de idade, e infelizmente, ainda é um tabu para muita gente.

(foto: Divulgação)
A medicina define a disfunção erétil como uma dificuldade em iniciar e/ou manter a ereção (força) durante a relação sexual. Ou seja, é como se o homem estivesse perdendo a força durante a relação. Mas isso não significa que o homem realmente tem um problema ou uma doença. Calma. Qualquer homem pode ter um “dia ruim” e falhar durante a relação, principalmente se ele estiver com pouco desejo ou passando por algum momento de maior ansiedade ou estresse.

Agora, se o problema vem acontecendo com frequência, a confiança está diminuindo e você já está pensando em usar um “azulzinho”, atenção!

Aqui vão algumas dicas que podem te ajudar a entender melhor o que está acontecendo:

1) Você não é o único homem a passar por isso. Isso pode acontecer com qualquer homem, em qualquer idade. Existe uma quantidade muito grande de homens que sofrem do mesmo problema.

2) Não sofra em silêncio. Falar sobre o assunto, seja com sua parceira ou com o médico, vai te fazer muito bem! Isso vai ajudar a reduzir essa pressão e a ansiedade que você esta sentindo.

3) Encare o problema de frente. Essa é a melhor atitude que o homem pode apresentar. É o primeiro passo para superar a barreira e seguir em frente. Não deixe o problema se arrastar, crescer e virar uma “bola de neve”.

4) Respeite os seus limites. É importante entender que você já não é mais aquele garoto de 20 anos de idade com toda aquela disposição. À medida que vamos envelhecendo, nossa frequência sexual pode ir diminuindo enquanto a qualidade pode ir melhorando, pois já conhecemos os “atalhos”.

Leia também: Viagra Natural Anvisa

5) Consulte um médico. A Medicina está aí para ajudar! Fazer uma avaliação completa vai ser muito importante pra te tranquilizar. Muitas vezes o problema de ereção pode ser o primeiro sintoma de alguma doença (por exemplo; diabetes, hipertensão, colesterol alto, entre outras) e fazer um diagnóstico logo no início pode prevenir o agravamento do problema.

Por outro lado, a perda de força pode ser apenas uma desregulação do nosso organismo ou sinal de ansiedade e estresse.

Saber que você não tem nenhum problema grave ou irreversível também pode te ajudar a lidar de uma maneira mais leve e positiva com o que aconteceu. Não se auto medique. Você já deve ter ouvido várias histórias de homens que tiveram problemas sérios por uso de Viagra (ou outros estimulantes sexuais) sem acompanhamento médico. Todo medicamento pode trazer riscos. É importante saber a causa do problema, o grau da disfunção e depois disso, seguir as orientações e as recomendações de tratamento.

Tratamento para Disfunção Erétil (Impotência)

Tratamento Cirúrgico para Disfunção Erétil (Impotência)

Tratamento Cirúrgico para Disfunção Erétil (Impotência)
A impotência sexual é a incapacidade persistente de obter e/ou manter uma ereção suficiente para uma função sexual. Existem causas orgânicas (físicas) ou psicológicas e cabe ao urologista fazer o diagnóstico e estabelecer o melhor tratamento para cada paciente.

O diagnóstico da causa da disfunção erétil depende de uma boa história clínica, um exame físico e alguns exames complementares.

Algumas das opções terapêuticas são medicações por via oral (inibidores seletivos da 5-fosfodiesterase (PDE5), que aliado ao estímulo sexual favorece a ereção. Por ser um tratamento que também age em nível sistêmico, pode produzir alguns efeitos colaterais como rubor facial, dor de cabeça e queda da pressão arterial, entre outros. Outra opção terapêutica é a injeção intra-cavernosa no pênis. São injeções que devem ser aplicadas antes de todo ato sexual e o efeito colateral mais relevante é a ereção prolongada. Outras opções são a terapia psicológica, bomba de vácuo etc.

O tratamento cirúrgico para disfunção erétil, geralmente, é reservada para pacientes que não tiveram sucesso nas modalidades de tratamentos prévios. O procedimento cirúrgico é realizado com uma pequena incisão próxima ao pênis e é implantada um prótese peniana que sustenta-o e proporciona a posição ereta para atividade sexual. A cirurgia dura cerca de 1 hora, o paciente deve estar anestesiado e pode receber alta no mesmo dia. A cirurgia consiste no implante intra-cavernoso (dentro do pênis) de cilindros para a sustenção peniana.

Existem três tipos de próteses penianas que são as maleáveis, as articuláveis e as infláveis. A prótese peniana maleável/articulável (Semirrígida) é colocada dentro dos corpos cavernosos no pênis. Consiste em dois cilindros compostos por um núcleo de prata, recoberto com um tubo de politetrafluoretileno (PTFE), inserido em uma cobertura de silicone sólido.

A prótese permite que o homem deixe o pênis ereto durante a relação sexual e permite que o homem o dobre ao fim da relação e termine com a ereção peniana.

Leia também: Big Size é bom

(MALEÁVEL)

As próteses infláveis podem ser de 2 ou 3 volumes (a mais usada). Por um sistema de bomba quando o homem deseja ter uma ereção ele mesmo bombeia um dispositivo colocado no escroto. Esta ação envia fluído para os cilindros dentro do pênis e promove a ereção. Com as próteses de duas partes, o fluido é mantido na parte de trás dos cilindros infláveis. Com as versões de três partes (mais modernas), o líquido está contido em um reservatório separado dentro do abdome.

( 2 VOLUMES)

(3 VOMULES)
OBS: Em qualquer tipo de próteses todos os dispositivos ficam completamente escondidos.

A principal complicação da cirurgia é a infecção da prótese e sua substituição pode ser necessária, mas não é comum de acontecer. Defeitos mecânicos das próteses também não são comuns, mas podem ocorrer e acontecem mais com as próteses infláveis. Quando ocorre algum defeito nos componentes da prótese, uma nova cirurgia pode ser necessária.

Geralmente, o sexo após o implante da prótese peniana costuma ser satisfatório e prazeroso para o casal. O nível de satisfação do casal gira por volta dos 90%.

3 dietas muito eficazes para perder peso

3 dietas muito eficazes para perder peso

Para perder peso é fundamental estar focado e ser consciente de que as dietas eficazes e saudáveis não são soluções imediatas, mas sim algo que levam tempo.
Chá verde para perder gordura abdominal
Coisas que você deve saber antes de fazer a dieta do limão
Dietas de baixa caloria. Conheça-as!

Compartilhado

As dietas milagrosas não existem e podem, inclusive, ser prejudiciais para a nossa saúde, além de causar o temido efeito rebote na maioria dos casos.

Neste artigo iremos apresentar três dietas muito eficazes para perder peso, mas mantendo sempre a saúde, de maneira progressiva, equilibrada e sem sofrimentos. Conheça-as a seguir.

As dietas que realmente funcionam
Para que uma dieta seja saudável e eficaz temos que esquecer a ideia de passar fome, fazer grandes sacrifícios, ficarmos obcecados com calorias, abusar dos alimentos light, etc. Também temos que renunciar à necessidade de obter grandes resultados em poucos dias.

Leia também: Kifina

As dietas que realmente funcionam são progressivas e nos permitem perder peso ao mesmo tempo em que nos sentimos com mais vitalidade, menos problemas de saúde e melhor humor. Nosso corpo inclusive emagrece de maneira mais proporcional.

A chave destas dietas está na maneira de comer. Oferecemos a seguir três opções de dieta que permitem notar mudanças em poucos dias, mas que se forem seguidas com paciência e perseverança, ajudarão a alcançar o peso ideal sem sofrimento e de forma duradoura e sustentável.

A dieta com menos carboidratos
Muitos nutricionistas recomendam reduzir os hidratos de carbono das dietas, já que eles oferecem uma energia que, se não for queimada pelo organismo, é transforma em depósito de gordura.

Além disso, hoje em dia consumimos uma quantidade exagerada de carboidratos, que para piorar a situação, são refinados e de má qualidade.

Nesta dieta iremos eliminar completamente as farinhas brancas e os alimentos elaborados com elas (pães, massas e bolos, por exemplo).

Além disso, também não deveríamos consumir alimentos feitos com farinha integral, já que hoje em dia eles costumam ser elaborados com uma boa parte de farinha branca, e acabam contribuindo para o sobrepeso da mesma forma.

Leia também: Kifina bula

No lugar delas, podemos consumir pequenas quantidades de cereais integrais:

Arroz;
Aveia;
Quinoa;
Painço;
Amaranto.
Estas pequenas porções de cereais integrais devem ser consumidas no café da manhã e no almoço, mas nunca no jantar.

Nesta dieta, por outro lado, iremos aumentar o consumo de proteínas e gorduras, ainda que a inclusão destas últimas possa nos surpreender. Iremos escolher sempre alimentos naturais, sem processar, de boa qualidade e fácil digestão.

No caso das proteínas:

Carnes brancas, de preferência orgânicas;
Peixes;
Queijos magros;
Ovos;
Leguminosas;
Frutos secos (um punhado por dia) e sementes.
No caso das gorduras:

Azeite de oliva, óleo de linhaça, de coco, de gérmen de trigo ou de gergelim;
Abacate;
Frutos secos (um punhado por dia) e sementes.
Leia também: 9 razões para comer abacate

A dieta do “cuidado com o jantar”

Esta dieta consiste em comer de maneira equilibrada durante o dia, além de prestar uma atenção especial ao jantar, já que esta última refeição do dia é a que mais contribui para o sobrepeso.

Durante o dia devemos comer com moderação, sem abusar de nenhum alimento e com pequenas exceções eventuais. No entanto, devemos ser rigorosos com as seguintes indicações:

Devemos jantar antes das oito horas da noite. Se acaso você ficar com fome depois, tome um chá ou coma uma maçã antes de deitar.
O jantar sempre irá conter um primeiro prato vegetal (salada, verduras, cremes ou sopas) e uma porção de proteína magra (ovos, peixes ou carnes magras) grelhada ou feita no forno. De sobremesa, se quisermos, podemos comer uma maçã ou uma pera.
Se nos mantivermos firmes com estas recomendações, podemos observar como iremos perder peso de maneira gradual, já que durante a noite o nosso corpo tende a eliminar toxinas e se equilibrar, sempre que não tenha que estar digerindo as calorias extras do jantar.

Leia também: 9 jantares rápidos para perder peso

Leia também: comprar Phytophen 

A dieta das porções

Esta dieta se baseia na ideia de que, se engordamos, é porque comemos demais. Nós podemos nos permitir pequenas exceções de vez em quando, sempre que mantenhamos as quantidades moderadas.

Nestes casos, a luta principal é para quem come por ansiedade e de forma compulsiva. No entanto, esta dieta é muito adequada para quem consegue controlar bem a quantidade de comida que ingere.

Podemos fazer 5 refeições ao dia, mas é fundamental que nunca nos sintamos cheios. Temos que nos manter sempre com a sensação de que ainda poderíamos comer um pouco mais, como uma sobremesa por exemplo. No entanto, já nos sentimos satisfeitos sem esta quantidade extra.

Uma maneira de evitar a vontade de comer demais é nos acostumarmos a tomar um chá digestivo após a refeição, que nos dará uma sensação de saciedade.

Para esta dieta, devemos nos acostumar a colocar a comida sempre em um único prato. Dessa forma, a porção colocada no prato é a que comeremos, e não nos daremos a opção de repetir.

Temos que entender a comida como uma maneira de atenuar a fome. Se mastigarmos bem os alimentos veremos que, na verdade, nosso corpo não precisa de grandes quantidades, mas sim de digeri-las e assimilá-las de uma forma melhor.

Diferenças Entre os Tipos de Colágenos Disponíveis para Manipulação

Diferenças Entre os Tipos de Colágenos Disponíveis para Manipulação

Leia também: Colágeno tipo 3 e 1

COLÁGENO NATIVO, DESNATURADO E HIDROLISADO:
• Colágeno nativo: é o colágeno que não foi pré-digerido ou desnaturado. Este também proporciona ácido hialurônico, mas sob a forma de moléculas gigantes que são grandes demais para absorção. A partir do colágeno nativo podem ser obtidos: fibra de colágeno, colágeno desnaturado e colágeno hidrolisado.

• Desnaturado: a gelatina é essencialmente o colágeno desnaturado e pode ser obtida por processos químicos, enzimáticos ou térmicos. A desnaturação é a perda da estrutura tridimensional do colágeno. Os principais agentes de desnaturação são: mudanças no pH (altera as interações eletrostáticas entre aminoácidos carregados); mudanças na concentração do sal – força iônica (devido à mesma razão) e mudanças na temperatura (altas temperaturas reduzem a força das ligações de hidrogênio. Colágeno desnaturado não tem efeitos benéficos sobre a inflamação articular.

• Colágeno hidrolisado: é composto de polipeptídeo é obtido por hidrólise química e enzimática sob condições controladas do colágeno desnaturado. Moléculas de colágeno hidrolisado geralmente têm peso molecular mais baixo, e, portanto, são fáceis de ser absorvidas pelo corpo.

Leia também: Colágeno tipo 3 e 1

Tipo I: É o mais comum; aparece nos tendões, na cartilagem fibrosa, no tecido conjuntivo frouxo comum, no tecido conjuntivo denso (onde é predominante sobre os outros tipos), sempre formando fibras e feixes, ou seja, está presente nos ossos, tendões e pele;

Tipo II: É produzido por condrócitos, aparece na cartilagem hialina e na cartilagem elástica. Não produz feixes. Presente nos discos intervertebrais, olhos e cartilagem.

Leia também: Skin renov bula

Os variados tipos de colágenos possuem distribuição específica nos tecidos e exercem funções essenciais para a manutenção da vida, evidenciando, portanto, sua grande diversidade biológica e seu papel fundamental para manter a integridade estrutural dos tecidos.

Medicamentos e Remédios para Dormir

Medicamentos e Remédios para Dormir

Grande parte da população mundial sofre de insônias, ainda que este método não seja o mais indicado para o tratamento deste problema, existem determinados medicamentos e remédios capazes de provocar o sono.

Medicamentos, Comprimidos e Remédio para insônia
Os medicamentos e remédios referidos são os hipnóticos. Estes medicamentos e remédios têm a capacidade provocar o sono, sendo por isso utilizados como estratégia para tratar a insônia. Este tipo de remédios e medicamentos são conhecidos como sedativos, tranquilizantes ou drogas ansiolíticas (são drogas sintéticas usadas para diminuir o stress a ansiedade e a tensão acumulada).

Como atuam os hipnóticos?
Os hipnóticos fixam-se nos receptores do cérebro, aumentando os efeitos de uma substância química que inibe a transmissão de sinais eléctricos no cérebro. Em consequência a estes efeitos, a atividade geral do cérebro diminui, o que provoca o sono.

Estes hipnóticos não devem de ser ingeridos juntamente com:

Bebidas alcoólicas
Outros hipnóticos
Narcóticos
Anti-histamínicos
Antidepressivos
Na utilização destes medicamentos e remédios não é aconselhável a condução de um automóvel ou a operação de equipamentos, uma vez que estes reduzem o estado de alerta diurno.

ATENÇÃO! – Como foi referido no início, este método não é o método mais indicado para tratar as insônias e não é recomendado! Veja aqui o nosso artigo de como tratar a insônia sem remédios e medicamentos.

Os medicamentos e remédios para tratar as insônias causam dependência. O organismo acostuma-se às doses que estão a ser administradas e com o passar do tempo caso o individuo deixe de tomar os medicamentos, as insônias irão voltar, pois o organismo irá sentir falta disso. Por outro lado, caso continue a tomar os medicamentos, o organismo irá se habituar às doses ingeridas e a certa altura já não irá surgir efeito. Para tratar esse problema será necessário aumentar as doses para que o medicamento volte a fazer efeito.

Este tipo de medicamentos também contém alguns efeitos secundários não desejáveis, que se manifestam com o passar do tempo como é o caso de:

Amnésia
Tremores
Confusão
Hipotermia
Náuseas e/ou vômitos
Diarreia
Alterações do apetite
Alterações visuais
O recomendado é fazer tratamento contra insônia sem recorrer ao uso de medicamentos!

PS: Se tiver como opção tomar medicamentos e remédios para tratar o caso das insônias, antes de tomar algo deverá sempre aconselhar-se junto do seu médico ou farmacêutico.

O uso da Melatonina no tratamento da insônia
Sendo que os medicamentos não sejam os mais indicados para tratar o problema das insônias, existe como alternativa a ingestão de melatonina.

Melatonina é uma hormona produzida pelo nosso organismo que influencia a regulação do sono. É uma hormona produzida naturalmente pelo nosso organismo, principalmente quando anoitece, de uma forma mecânica em resposta ao escuro. Se permanecerem luzes acesas durante a noite (ex: computador, televisão, candeeiros, etc), esta hormona não é produzida de forma eficaz, diminuindo assim a sensação de sono. (Obs: A produção de melatonina diminui com o envelhecimento).

A suplementação com melatonina é um substituto eficiente e natural à toma de medicamentos e remédios para dormir. Porém as suas doses têm de ser controladas. A toma de 2 mg de melatonina é o mais indicado para tratar a insônia de uma forma natural e eficiente. O uso desta hormona aumenta o tempo e a qualidade de sono, pelo que o recomendado é ser tomada meia hora antes de ir dormir.

O facto de não ser um medicamento em si, não corre o risco de ter efeitos viciantes como os que foram referidos nos hipnóticos, nem perde eficiência com o uso prolongado, e pode ser tomado por qualquer pessoa de qualquer idade, ainda que não seja recomendado, a crianças inferiores a 12 anos.

A melatonina pode ser encontrada em forma de comprimidos ou pode ser adicionada a alimentos sob a forma de suplemento alimentar.

É relembrado mais uma vez, que antes de tomar quaisquer químicos com intenção de provocar o sono, deverá se aconselhar junto do seu médico ou farmacêutico. Por norma estes tipos de medicamentos não são vendidos sem receita médica.

O Tratamento das Insônias é um tratamento que deve ser avaliado por um especialista médico, e nunca se deve optar pela auto-medicação e pela toma de remédios ou medicamentos que podem complicar ainda mais um estado psicológico frágil que a pessoa com insônias acarreta. Procure sempre combater a insônia sem remédios e medicamentos, e procure sempre métodos alternativos para substituir os tratamentos prescritos pela medicina convencional, no combate às insônias.

Medicinas alternativas que não recorrem ao uso de remédios e medicamentos no tratamento das insônia.

Colágeno Hidrolisado: benefícios, onde comprar e efeitos colaterais

Colágeno Hidrolisado: benefícios, onde comprar e efeitos colaterais

Colágeno hidrolisado atua no organismo de forma incrível, veja quais benefícios ele oferece à saúde, efeitos colaterais e também onde e como comprar

O colágeno é uma proteína encontrada em diversos tipos de alimentos, ela é capaz de manter a elasticidade e a firmeza da pele, a maleabilidade das cartilagens e até mesmo a resistência dos músculos. No entanto, com o passar dos anos a capacidade de sintetizar esse tipo de proteína diminui e o corpo passa a envelhecer de maneira mais acelerada.

No artigo de hoje, vamos mostrar como funciona, como comprar mais barato e muito mais.

Esse suplemento combate o envelhecimento precoce. (Foto: Divulgação)

Para que serve o melhor colágeno hidrolisado?
Para tornar-se hidrolisado, o Colágeno passa por um processo de hidrólise, no qual enzimas “quebram” as cadeias de aminoácidos, e as moléculas de Colágeno tornam-se vários fragmentos proteicos menores.Devido ao tamanho molecular reduzido, os fragmentos de Colágeno Hidrolisado não necessitam de digestão e logo são absorvidos pelo trato gastrintestinal, chegando facilmente na corrente sanguínea.

O colágeno hidrolisado serve para suprir a deficiência de colágeno no organismo, fato que ocorre após os trinta anos de idade e provoca o surgimento de rugas, linhas de expressão, estrias, flacidez, unhas fracas, fios de cabelo muito finos, entre outros. Esse suplemento é utilizado também para ajudar no emagrecimento.

O consumo do colágeno hidrolisado promove inúmeros benefícios para o corpo, ele é capaz de regenerar os tecidos da pele e fornecer a quantidade ideal de colágeno diariamente, o que resulta na melhora da aparência e no rejuvenescimento. Por sua ação acontecer de dentro para fora, ele é considerado ainda mais eficaz do que os cremes antirrugas.

Os cabelos, tendões, ossos, as unhas e as cartilagens também são beneficiados com a ajuda desse suplemento. O colágeno hidrolisado previne, inclusive, o desgaste das articulações, pois torna o tecido cartilaginoso do local mais resistente e diminui o risco de desenvolvimento de doenças como a artrose.

Além disso, ele não apresenta nenhum tipo de efeito colateral. Pode ser consumido sem apresentar riscos à saúde por qualquer pessoa, desde que a dose diária recomendada pelos especialistas seja respeitada.

Efeitos do colágeno hidrolisado
A carne é um dos alimentos que mais contém proteínas em sua composição, o colágeno hidrolisado tem efeito três vezes mais potente para fornecer colágeno ao organismo do que esse tipo de alimento. Mas vale ressaltar que o suplemento não exclui a necessidade de uma alimentação saudável, consumir carnes, legumes, verduras e frutas estimula e prolonga o efeito do colágeno no corpo.

Reponha o colágeno no corpo. (Foto: Divulgação)

Um dos efeitos secundários do colágeno hidrolisado, é o emagrecimento. Após ser consumida, a proteína garante sensação de saciedade e torna mais fácil o controle da quantidade de comida a ser ingerida e do impulso por doces logo após as refeições. Se conciliada a exercícios físicos, os resultados são ainda mais animadores.

O colágeno hidrolisado é vendido em pó e em cápsulas em qualquer farmácia de manipulação. A versão em cápsulas é indicada para quem ainda não necessita repor tanto colágeno, ou seja, pessoas com idade entre 30 e 40 anos. Já a versão em pó, é útil para quem necessita consumir a quantidade máxima de colágeno indicada pelos médicos, que é de 10 gramas ao dia, o que geralmente só acontece após os 40 anos de idade.

Colágeno hidrolisado Efeitos colaterais
Não existem efeitos colaterais para quem usa o colágeno hidrolisado, entretanto, algumas pessoas não devem usar este produto sem que um especialista oriente previamente, como gestantes, crianças e lactantes, afinal de contas são casos diferenciados, em que profissionais devem enxergar a necessidade de usar este produto. Apesar de não ter efeitos colaterais, o colágeno hidrolisado pode ser pesado para bebês e crianças, por isso que ele é contraindicado para estes casos em específico.

Leia também: Skin renov bula

Lembrando que toda suplementação deve ser feita com acompanhamento do médico ok? Já falamos aqui também sobre o colastrina, que também ajuda sua pele a ficar bem.

O que é o Colágeno colastrina?
Atualmente, diversos suplementos são comercializados, alguns com propostas milagrosas, outros, com um maior embasamento em pesquisas e comprovações levantadas por profissionais. Sendo assim, ter cautela e se informar antes de adquirir, é fundamental, incluindo buscar orientação médica adequada.

Sabe-se que o colágeno é produzido naturalmente pelo organismo, sendo fundamental para proporcionar elasticidade e firmeza para a pele. No entanto, com o passar dos anos, nota-se o aparecimento de rugas, linhas de expressão, a firmeza da pele diminui, entre outros fatores que são incômodos, em especial, esteticamente para as pessoas.

É justamente neste cenário que o colastrina está inserido, sendo comercializado com a proposta de não apenas ajudar na recuperação da juventude, como também combater a flacidez, ajudar no emagrecimento e no combate a celulite, exterminar estrias e fortalecer unhas e cabelos, por isso é vendido com o apelo de “botox em cápsulas”, uma vez que diversos procedimentos estéticos usam o botox para melhorar a aparência da pele.

Alguns profissionais, de fato, apontam benefícios em torno dos suplementos de colágeno hidrolisado, como em cápsulas, indicando os já citados, incluindo também um melhor desempenho nos esportes e proteção extra para as articulações.