Medicamentos e Remédios para Dormir

Medicamentos e Remédios para Dormir

Grande parte da população mundial sofre de insônias, ainda que este método não seja o mais indicado para o tratamento deste problema, existem determinados medicamentos e remédios capazes de provocar o sono.

Medicamentos, Comprimidos e Remédio para insônia
Os medicamentos e remédios referidos são os hipnóticos. Estes medicamentos e remédios têm a capacidade provocar o sono, sendo por isso utilizados como estratégia para tratar a insônia. Este tipo de remédios e medicamentos são conhecidos como sedativos, tranquilizantes ou drogas ansiolíticas (são drogas sintéticas usadas para diminuir o stress a ansiedade e a tensão acumulada).

Como atuam os hipnóticos?
Os hipnóticos fixam-se nos receptores do cérebro, aumentando os efeitos de uma substância química que inibe a transmissão de sinais eléctricos no cérebro. Em consequência a estes efeitos, a atividade geral do cérebro diminui, o que provoca o sono.

Estes hipnóticos não devem de ser ingeridos juntamente com:

Bebidas alcoólicas
Outros hipnóticos
Narcóticos
Anti-histamínicos
Antidepressivos
Na utilização destes medicamentos e remédios não é aconselhável a condução de um automóvel ou a operação de equipamentos, uma vez que estes reduzem o estado de alerta diurno.

ATENÇÃO! – Como foi referido no início, este método não é o método mais indicado para tratar as insônias e não é recomendado! Veja aqui o nosso artigo de como tratar a insônia sem remédios e medicamentos.

Os medicamentos e remédios para tratar as insônias causam dependência. O organismo acostuma-se às doses que estão a ser administradas e com o passar do tempo caso o individuo deixe de tomar os medicamentos, as insônias irão voltar, pois o organismo irá sentir falta disso. Por outro lado, caso continue a tomar os medicamentos, o organismo irá se habituar às doses ingeridas e a certa altura já não irá surgir efeito. Para tratar esse problema será necessário aumentar as doses para que o medicamento volte a fazer efeito.

Este tipo de medicamentos também contém alguns efeitos secundários não desejáveis, que se manifestam com o passar do tempo como é o caso de:

Amnésia
Tremores
Confusão
Hipotermia
Náuseas e/ou vômitos
Diarreia
Alterações do apetite
Alterações visuais
O recomendado é fazer tratamento contra insônia sem recorrer ao uso de medicamentos!

PS: Se tiver como opção tomar medicamentos e remédios para tratar o caso das insônias, antes de tomar algo deverá sempre aconselhar-se junto do seu médico ou farmacêutico.

O uso da Melatonina no tratamento da insônia
Sendo que os medicamentos não sejam os mais indicados para tratar o problema das insônias, existe como alternativa a ingestão de melatonina.

Melatonina é uma hormona produzida pelo nosso organismo que influencia a regulação do sono. É uma hormona produzida naturalmente pelo nosso organismo, principalmente quando anoitece, de uma forma mecânica em resposta ao escuro. Se permanecerem luzes acesas durante a noite (ex: computador, televisão, candeeiros, etc), esta hormona não é produzida de forma eficaz, diminuindo assim a sensação de sono. (Obs: A produção de melatonina diminui com o envelhecimento).

A suplementação com melatonina é um substituto eficiente e natural à toma de medicamentos e remédios para dormir. Porém as suas doses têm de ser controladas. A toma de 2 mg de melatonina é o mais indicado para tratar a insônia de uma forma natural e eficiente. O uso desta hormona aumenta o tempo e a qualidade de sono, pelo que o recomendado é ser tomada meia hora antes de ir dormir.

O facto de não ser um medicamento em si, não corre o risco de ter efeitos viciantes como os que foram referidos nos hipnóticos, nem perde eficiência com o uso prolongado, e pode ser tomado por qualquer pessoa de qualquer idade, ainda que não seja recomendado, a crianças inferiores a 12 anos.

A melatonina pode ser encontrada em forma de comprimidos ou pode ser adicionada a alimentos sob a forma de suplemento alimentar.

É relembrado mais uma vez, que antes de tomar quaisquer químicos com intenção de provocar o sono, deverá se aconselhar junto do seu médico ou farmacêutico. Por norma estes tipos de medicamentos não são vendidos sem receita médica.

O Tratamento das Insônias é um tratamento que deve ser avaliado por um especialista médico, e nunca se deve optar pela auto-medicação e pela toma de remédios ou medicamentos que podem complicar ainda mais um estado psicológico frágil que a pessoa com insônias acarreta. Procure sempre combater a insônia sem remédios e medicamentos, e procure sempre métodos alternativos para substituir os tratamentos prescritos pela medicina convencional, no combate às insônias.

Medicinas alternativas que não recorrem ao uso de remédios e medicamentos no tratamento das insônia.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *